sexta-feira, 20 de abril de 2012

Em Abril, esperanças mil


É esta 6ª feira, na Cantina Velha da Cidade Universitária, em Lisboa (mais informações aqui). Pediram-me para falar de economia. Quase que me apetece cantar o "E depois do adeus". Para já falarei apenas do fim de um romance - e no que vem depois.

3 comentários:

de tipos que falam de materialismo dialético disse...

até o filho mais novo da maria de céu guerra já saiu da universidade

e agora querem enchê-la ainda com mais velhos?

já está cheia...

Banda in barbar disse...

Abril foram duas colunas uma de vendas novas e outra de santarém que tomaram posições em lisboa

para apoiar as unidades locais contra os milicianos que nos estão a tirar os lugares e atrasar promoções

em coimbra na liga de combatentes a 5 de maio vão estar dois da coluna de santarém...se ainda estiverem vivos depois da jantarada do 25 de abril

Luís Coelho disse...

Com canções e com palavras é preciso renascer e fazer acordar as consciências adormecidas.
Nós, o povo, temos o poder e podemos correr com estes sacanas do poder e mais...castigá-los pelos desmandos e desgovernos a que nos submeteram para seu belo prazer...
É tempo de acordar e fazer uma corrente contraria com todos os credos e confissões religiosas.

Estas são as nossas armas e eles, o governo, sabe-o e teme-o...
Fora com todos os políticos instalados e que renasça um grupo independente equilibrado e competente sem se vergarem aos interesses estrangeiros nem aos lobies nacionais.